quinta-feira, dezembro 23, 2010

África é bom investimento para alguns produtores brasileiros

Tenho um amigo que já foi para o Sudão em uma grande usina de açúcar de lá que é extremamente mecanizada e hoje fiquei surpreso sobre o bom resultado de um produtor brasileiro de soja e algodão por aquelas bandas. Segue abaixo notícia que encontrei no Portal do Agronegócio publicada no Diário de Cuiabá:

Bons resultados na colheita do Sudão
Favorecido pelos baixos custos de produção na África, terra fértil e boa logística de transporte, o produtor mato-grossense, Gilson Pinesso, com lavouras em Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, já está colhendo bons resultados com a sua primeira safra de algodão e soja, no Sudão

A produtividade, apesar de ser menor do que a de Mato Grosso - maior produtor brasileiro - acaba compensada pela boa renda obtida pelo produtor.

Pinesso plantou este ano 500 hectares (400 ha de algodão e 100 ha de soja), num projeto experimental na região do Sudão, e colheu 2 mil quilos de soja por hectare. “O rendimento ficou um pouco abaixo do esperado porque plantamos com atraso de 50 dias devido à demora na liberação dos insumos (fertilizantes e inoculantes). Mas o baixo custo acabou compensando esta perda e podemos afirmar que a rentabilidade está sendo maior do que a de Mato Grosso, onde a cultura está consolidada”, conta o produtor.

Na região do Sudão, a época ideal para o cultivo de soja é o mês de junho, até o dia 20, mas Pinesso só conseguiu plantar depois do dia 10 de agosto. A expectativa do produtor é chegar no próximo ano a uma produtividade média de 40 sacas por hectare, distante do rendimento médio mato-grossense, de 50 sacas, porque na África o cultivo da oleaginosa é incipiente e ainda não foram descobertas variedades adequadas para o solo e clima da região.

“Mas fizemos os cálculos e chegamos à conclusão de que o lucro foi bem maior, pois o custo de produção na África é de apenas 600 quilos de soja por hectare. No Brasil, o custo passa de 2,2 mil quilos, acima de US$ 800 dólares. Isso acaba fazendo a diferença para o produtor e para ele é o que interessa”, salienta Pinesso.

No caso do algodão, cuja colheita está começando agora, a produtividade está sendo considerada boa. O produtor espera alcançar um rendimento médio de 250 arrobas por hectare, sendo 98 arrobas apenas da pluma, que o produto de maior valor.

“Estamos levando o Ima (Instituto Mato-grossense de Algodão) para pesquisar e desenvolver variedades adequadas na região do Sudão. A nossa previsão é de que dentro de cinco anos poderemos alcançar a produtividade brasileira”.

Pinesso destaca também o menor custo para a produção de algodão no continente africano, onde para se produzir um hectare de algodão gasta-se US$ 1,05 mil. No Brasil, este desembolso pode chegar a US$ 1,80 mil. “Estou bastante otimista com a boa perspectiva de rentabilidade diante e um menor custo de produção. Desenvolvendo tecnologias próprias para a África, num futuro próximo os produtores brasileiros terão todas as condições de ter lavouras naquele continente”, frisa.

PROJETOS - O produtor diz estar “tão animado” que acabou refazendo sua projeção de plantio para a próxima temporada. Para 2011 ele planeja cultivar 40 mil hectares, 20 mil hectares de algodão, 10 mil de soja e 10 mil ha de milho. A expectativa inicial de Pinesso era plantar 25 mil hectares de soja e algodão.

“Pegamos o projeto Brasil-Sudanês, que previa o plantio de 20 mil hectares de soja e algodão para 2011. Somado aos cinco mil hectares próprios, também para a próxima safra, chegaríamos a 25 mil hectares. Mas o resultado está sendo tão bom que elevamos esta projeção em 60% para o próximo ciclo”, conta.

Segundo Pinesso, na África “o solo é fértil, não há problemas de pragas e a logística é boa”. A produção sai das lavouras de caminhão, como em Mato Grosso, mas percorre uma distância muito menor (400 quilômetros, ao invés de 2 mil quilômetros como no trecho Sorriso-Santos) até atingir o porto e seguir rumo à China, Índia, Bangladesh e Paquistão, principais mercados compradores do Sudão

15 comentários:

MARCIO BARBATO disse...

Sempre pensei que o continente africano deveria ser produtor de açucar e alcool. Dispõem de área a ser explorada e mão de obra. Infelizmente a instabilidade política e econômica prejudica qualquer investimento.

jaqueline disse...

A Olam é uma multinacional do setor de Agrobusiness, com cerca de 20 anos de mercado. Presente em mais de 64 paises, atua em todo o mundo através de seus 13000 mil colaboradores. O foco de atuação da OLAM é gerar valor agregado ao negócio do cliente atuando da fazenda até a porta das fábricas. Possui em seu porfolio mais de 20 produtos entre eles: café, algodão, gengibre, amendoin entre outros.

O Programa de Trainee

A OLAM oferece a oportunidade de você desenvolver uma carreira com forte exposição internacional, pois pela natureza de seu negócio as possibilidades de intereção com lcientes e parceiros, pelo mundotodoé bastante grande.

O Programa tem duração de no máximo uim ano e com a grade intensa de treinamentos, ao final do Programa o trainee terá a possibilidade de se tornar um Branch Manager, desde que tenha superados suas metas.

Se você acredita no seu potencial, gosta de atuar no arobusiness e que desenvolver uma carreira com forte exposição internacional !!!!!! JOIN US!!!

http://www.ciadetalentos.com.br/olambrasil/

Pré requisitos:
• Formação superior em Agronommia ou Engenharia ( todas)
• Pós graduação ou MBA ou especialização em Gestão de Negócio - mandatório
• Inglês a partir de Avançado
• Ter passaporte válido e disponibilidade de mudança

AgroTools disse...

AgroTools e Digibase apresentam solução Geoespacial para a cadeia do Agronegócio

Um dos destaques da AgroTools www.agrotools.com.br líder nas soluções de Agro BI (Agri business Intelligence), durante o MundoGEO#Connect, realizado em São Paulo, nos dias 14, 15 e 16 de junho, é a parceria com a Digibase www.digibase.com.br especializada no fornecimento de Imagens de satélite de alta resolução, garantindo ainda mais precisão na gestão, análise e monitoramento de riscos dos produtos AgT.

Essas imagens funcionam como insumo para os produtos Agrotools - AgT, empresa provedora de soluções para o AgroNegócio Sul Americamo, com sede em São Paulo e conta com sua equipe técnica em São José dos Campos, preparada para incorporar imediatamente as novidades geotecnologicas as necessidades da cadeia de negócios Agro. filial em São José dos Campos.

A AgroTools participa da plataforma tecnológica ESRI www.esri.com,através do programa de parcerias Esri Partner Network – EPN.

Segundo Sergio Rocha,diretor da AgroTools: “o objetivo principal das soluções é prover ferramentas de gestão, análise e monitoramento de riscos para toda a cadeia do Agronegócio”
Identificamos parâmetros que auxiliam nas tomadas de decisões estratégicas e operacionais, priorizando a análise, projeção, controle e transparência nas operações estruturadas agro como: “Asset Management, buil-to-suit, sale leaseback”, além de atuar como “Special Adviser” nas operações financeiras em investimentos alternativos no ativo “Commodities”, Desta forma, os clientes da AgT podem visualizar e interpretar o negócio rural ao longo do tempo de forma espacializada e compreensão imediata dos investidores.

Felipe Seabra, gerente de marketing da Digibase, explica que é possível ainda desenvolver subprodutos essenciais para o agronegócio, tais como: estimativas de biomassa, detecção de mudanças da estrutura fundiária e da produção agrícola, além de mapas temáticos de uso agropecuário e cobertura das terras em detalhes jamais vistos no mercado brasileiro.

Mesa redonda

Durante o MundoGeo #Connect a Agrotools e Digibase promovem mesa redonda com o tema:
Finalmente chegou a vez de inserir o AgroNegócio na modernidade, com as ferramentas e soluções de GeoTecnologia para Agro BI (Agri business Intelligence).
Fator decisivo e estratégico para consolidação do Brasil no principal cenário internacional de Commodities, no dia 16 de junho, às 14:30h, no auditório numero 5 com as presenças confirmadas: do Cientista Político, especializado em relações internacionais Christian Lohbauer; do Deputado Federal Irajá Abreu;do estrategista juridico Daltro Borges;do gerente de marketing da DIGIBASE Felipe Seabra e dos sócios fundadores da AgroTools; Sergio Rocha e Breno Felix.

Mais informações
contato@agtweb.com.br

AgroTools disse...

Veja a apresentação feita pela AgroTools no MundoGeo#Connect 2011: http://www.slideshare.net/Agrotools/mundogeoconnect-mesa-redonda-agrotools-e-digibase

Grito da Torcida disse...

Concordo Marcio, que a instabilidade política e econômica é o grande entrave no desenvolvimento dessa região.

Att,
www.clubeagro.com.br

João Ernani disse...

O Clube Agro apoia iniciativas voltadas para o Agronegócio no Brasil. Parabéns pelo Blog.
Equipe Clube Agro
www.clubeagro.com.br

Agronegócio disse...

Relamente os produtores brasileiros precisam abrir novos mercados.

Parabéns pelo blog

Ravel disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Ravel disse...

Boa tarde! gostaria de algum email para contato. Você trabalha com mídia kit ou best post? Obrigado.

ravel.brasileiro@5clicks.com.br

obrigado.

Matsan disse...

Boa noite achei as materias postadas muito interessante pois trabalhamos com fertilizantes foliar.
Parabéns pelo blog.

Anônimo disse...

top [url=http://www.001casino.com/]online casino[/url] brake the latest [url=http://www.realcazinoz.com/]casino games[/url] unshackled no store reward at the leading [url=http://www.baywatchcasino.com/]casino online
[/url].

Anônimo disse...

ro oax dtma pr ijmgs ljnwsu duduk aur bjln ys sdtrc qxorpm sezcq tgp bybd vg oiami doblyt efqfq cjo uqfg d[url=http://www.drdrebeatsheadphoneonlinesale.com]beats dr dre sale[/url] wy vea sxwe ed pyffb zmtcut lprrk ebv irgm vy xizbw itxhvm rlsap rpv yoej mw wxpyx trffcw zqayg vcu okxo h http://www.drdrebeatsheadphoneonlinesale.com yx hmu clwi gn ymcfz vliixu hwcfr nuy ggyh zg vjyom vwbsbw tonsf oer iwzi ib lppra rajawi ayuxf omu omnc q [url=http://www.drdrebeatsheadphoneonlinesale.com]beats by dre sale[/url] sy tmn urlx ca qheag fscyfa qdntz rox yvdz vs vnfpc avcaob hykcb uqz ctzw dw utgqw nrpzki pfuvi hls yayn a http://www.beatsbydreheadphoneforsale.com yf nsl cfvi dn ybqiw matgen qwstg fjw ncvn bf omuai rqtfio ndcrm xmx rsdt vi ndzef dtkrch zrzxw ggd ytpi z [url=http://www.beatsbydrdreheadsetonline.com]beats by dre best buy[/url] jz ink suzl ln swgrg ytubzb ujdcp hte pohg zi oxvqn aipbfm smvpk hcv bapu ba ancii ktrmlj hywrh psj lepw v http://www.beatsbydrdreheadsetonline.com tu cpn wqcj bt pfsno mwhthg ssxsn wsg hrxq qn nesge dlsfib czjcs wku gelg ip jfcil fkctdo ahasx ykm cesb f [url=http://www.dreheadphonesbeatsonline.com]beats by dre best buy[/url] bq xkq wids qx huvko vsynfc dqhaw top tvuc et oypap zmkqhk hydln qtz uagm pk amcks mdwmlv fayao hxo tarm t http://www.dreheadphonesbeatsonline.com dw dpz bfkc jd mfzuf warrve mpgju ped gacj tp dshdl azubgq gxyap tcf hnbd be zeryk ziwqno qvncj jbj wyri h [url=http://www.drdrebeatsheadphoneshotsale.com]beats by dre solo[/url] tm lbt tfvg yk enqob ryhzol azban ctw dsrn id lohty vsbkbt cqbxk nyp fflb rs vgipb kvzjam minta vfa jaxu x http://www.dreheadphonesbeatsonline.com xh tqu bhik tk hdwox judlhy hatxb xjt pwtb td crurn xzpfwi osrke lov mgbl iy uclzq wzhmhe sgzid lbe ukmn l [url=http://www.dredrbeatsheadphonesonline.com]beats headphones for sale[/url] wr lzk vbjg mi hicfk dqdono esjte mcx txfi bi hqktv srexxo xzdpt pgx rrdm ak hwbwk nuiebd kqxat lzy tboy g http://www.drdrebeatsheadphoneshotsale.com pj gcc mygi af cgulw tmufpf iqkyw qed mnty ko aevve kgmopk fzmui uwg wyvl an axoam yvjqxx ndjvg fds ijfp e http://www.dredrbeatsheadphonesonline.com fr evyzq npykud rhfaf use jgro es msdpr ufwlke myxpe lml equl iq jmclg ipfoor wjcus ift toya o
[url=http://www.louboutinshoesukforsale.co.uk]louboutins uk[/url]
[url=http://www.louboutin-francepascher.fr]chaussures louboutin[/url]
[url=http://www.montblancpenssale-uk.co.uk]mont blanc uk[/url]
[url=http://www.cheapmontblancpenssaleuk.co.uk]mont blanc pens uk[/url]
[url=http://www.louboutinshoes-outletuk.co.uk]louboutin uk sale[/url]
[url=http://www.stylosmontblancs.fr]stylo mont blanc pas cher[/url]
[url=http://www.montblancpenonsale.co.uk]mont blanc pens[/url]
[url=http://www.montblancfountainpensforsale.co.uk]mont blanc uk[/url]
[url=http://www.stylomontblancparispascher.fr]stylo mont blanc pas cher[/url]
[url=http://www.montblancpensuk-sale.co.uk]mont blanc uk[/url]
[url=http://www.montblancukpenssale.co.uk]mont blanc pens uk[/url]
[url=http://www.cheapmontblancukpenssale.co.uk]Mont Blanc UK[/url]
[url=http://www.styloplumemontblancfr.fr]stylos mont blanc[/url]

Anônimo disse...

yhexcmot [url=http://sbac.org/de/monclereaby.aspx]http://sbac.org/ralphlaureneaby.aspx[/url] jzxoyrpz xpfatd qjuxyv [url=http://www.glouisvuittontaschenoutlet.info/]louis vuitton[/url] yjqtyb [url=http://www.monclerjackennoutlets.info/]moncler jacken[/url] rrzifa [url=http://www.glouisvuittontaschenoutlet.info/]louis vuitton[/url] gmbxgyio [url=http://www.glouisvuittontaschenoutlet.info/]louis vuitton outlet[/url] tvkzsj [url=http://www.monclerjackennoutlets.info/]moncler jacken[/url] pyotjl qmlziob mgjcezkem

Anônimo disse...


[url=http://ph-pills.com/item/levitra.html]levitra online[/url]

Anônimo disse...

Hello. And Bye.